• Redação

25ª Mostra de Cinema Tiradentes começa nesta sexta (21/01) e segue até dia 29/01

Programação é gratuita e no formato online



Inicialmente, o evento ocorreria em modelo híbrido: online e presencial. Porém, com o avanço de casos da variante Ômicron, a organização do evento (Universo Produção) optou por transferir todas as atividades para o formato digital.


O evento possui o tema "Cinema em Transição" e busca refletir sobre o estado atual da produção audiovisual no país. A mostra conta com a exibição de mais de 100 filmes brasileiros, entre longas e curta-metragens.


Toda a exibição será realizada de forma online no site oficial da Mostra Tiradentes.


A 25ª Mostra de Cinema Tiradentes homenageia o cineasta brasileiro Adirley Queirós que traz características do cinema da última década em suas obras.


A homenagem é realizada na noite de abertura da Mostra, dia 21/01, e o artista recebe o Troféu Barroco, além de ter alguns dos seus trabalhos inéditos exibidos no dia.


Adirley Queiroz homenageado da 25ª Mostra de Cinema Tiradentes (Foto: Divulgação)



A mostra exibe mais de 100 filmes nos oito dias de festival, e a programação completa ainda será divulgada no site oficial. Confira alguns filmes que fazem parte do evento:


Mostra Aurora

(todos são avaliados pelo Júri da Crítica e concorrem ao Troféu Barroco e a prêmios de parceiros da Mostra): “Seguindo todos os Protocolos” (PE), de Fábio Leal;


“A Colônia” (CE), de Virgínia Pinho e Mozart Freire;


“Sessão Bruta” (MG), de As Talavistas e ela.ltda;


“Panorama” (SP), de Alexandre Wahrhaftig;


“Maputo Nakurandza” (RJ-SP), de Ariadine Zampaulo;


“Bem-vindos de Novo” (SP), de Marcos Yoshi; e


“Grade” (MG), de Lucas Andrade.



Fonte: Zine Cultural